Atenção: Para imprimir este artigo sem cortes clique no ícone da impressora >>>>
 

BRINQUEDOTECA: UM ESPAÇO ESTRUTURADO PARA BRINCAR

Angela Cristina Munhoz Maluf


A Brinquedoteca é um espaço que visa estimular crianças e jovens a brincarem livremente, pondo em prática sua própria criatividade e aprendendo a valorizar as atividades lúdicas.

De acordo com RODARI (1982), por meio das Brinquedotecas avaliamos nas crianças o seu desenvolvimento, através do acompanhamento, da observação diária, no que se refere a socialização, a iniciativa, a linguagem, ao desenvolvimento motriz e buscamos através das atividades lúdicas o desenvolvimento das suas potencialidades.

SANTA MARLI PIRES DOS SANTOS (1997), relata que uma Brinquedoteca não significa apenas uma sala com brinquedos, mais em primeiro lugar, uma mudança de postura frente à educação. É mudar nossos padrões de conduta em relação a criança; É abandonar métodos e técnicas tradicionais; é buscar o novo, não pelo modernismo, mas pela convicção do que este novo representa; é acreditar no lúdico como estratégia do desenvolvimento infantil.

A Brinquedoteca tem como proposta o brinquedo, o objeto, sua necessidade é de ampliar e preservar as possibilidades de vivência do lúdico.  

É um espaço alegre, colorido, diferente, onde crianças e jovens soltam a sua imaginação, sem medo de serem punidas e cobradas.

A Brinquedoteca pode ter várias funções: pedagógica, social e comunitária.

Oferecer possibilidade de bons brinquedos e ao mesmo tempo, brinquedos de qualidade é a função pedagógica..

Possibilitar que as crianças e jovens de famílias economicamente menos favorecidas possam fazer uso de brinquedos, é a função social..

Favorecer crianças e jovens que jogam em grupos, a aprenderem a respeitar as pessoas, a colaborarem com elas, a receberem ajuda, a tentar compreendê-las, é a função comunitária.

Uma Brinquedoteca pode ter diferentes finalidades no âmbito lúdico, como por exemplo: Brinquedotecas especializadas em atendimento a crianças da primeira infância, outras somente para empréstimos de brinquedos.

Podemos dizer que é uma oficina de criação lúdica, onde crianças e jovens experimentam, conhecem, exploram e manipulam diversos brinquedos, construindo assim seu próprio conhecimento, desenvolvendo autonomia, criatividade e liberando suas fantasias.

O mundo de brinquedos é a primeira idéia que surge para quem entra na Brinquedoteca. 

Nas Brinquedotecas existem brinquedos variados, novos, usados, brinquedos de madeira, plástico, metal, pano, aquele da propaganda, um que nossos pais brincavam, ou aquele tão desejado. Brinquedos que vão realizar sonhos, desmistificar fantasias ou simplesmente estimular a criança a brincar livremente. Quando uma criança entra na Brinquedoteca, deve ser tocada pela expressividade da decoração, pela alegria e a magia do espaço.

Sendo um ambiente para estimular a criatividade, deve ser preparado de forma criativa, com espaços que incentivem a brincadeira de “faz de conta”, a construção de brinquedos e a socialização.

O que não podemos esquecer é que qualquer que seja o tipo de Brinquedoteca, o acervo de brinquedos, as brincadeiras, vão proporcionar a criança e ao jovem, momentos criativos, alegres, com muito prazer e aprendizado.

REFERÊNCIAS

BROUGÉRE, Gilles.– Brinquedo e cultura, São Paulo- SP; Cortez. 1995

RODARI, Granni., Gramática da Fantasia. São Paulo -SP; Sumus, 1982

SANTOS, Santa Marli Pires dos. Brinquedoteca- O lúdico em diferentes contextos, Petrópolis-RJ; Vozes, 1997

Publicado em 03/12/2004 15:17:00


Angela Cristina Munhoz Maluf - Ms. em Ciências da Educação,docente de graduação e pós-graduação,psicopedagoga, especialista em Educação Infantil e Especial, escritora, palestrante e consultora de projetos.

Dê sua opinião:

Clique aqui: Normas para Publicação de Artigos

Do mesmo autor(a):

opinião

.Antes de ser aluno é uma criança aprendiz
.Crianças especiais também podem brincar com brinquedos convencionais
.O sucesso da criança na escola
.Comparações: um erro que pais e parentes cometem em relação às crianças
.Dias felizes, com pais de amor clarividente.
.“O Desertismo Escolar”
.O período de assimilação mais intensivo no processo de aprendizado.
.Crianças ou jovens com problemas de aprendizagem, representam uma ruptura para os pais.
.A essência do brinquedo
.A importância das brincadeiras na evolução dos processos de desenvolvimento humano.
.“Planejamento viável, para evitar problemas de aprendizagem em sala de aula.”

artigos

.A importância de pais e educadores
.Jovens depressivos
.Transtorno da aritmética ou matemática
.O saber educar
.Atendimento Psicopedagógico no Ensino Superior buscando condições para aprendizagem significativa
.Concepção de educandos com altas habilidades/superdotação e suas verdadeiras necessidades educativas especiais
.A importância das atividades lúdicas na educação infantil
.Atividades lúdicas como estratégias de ensino e aprendizagem
.Tipos de brincadeiras e como ajudar a criança brincar
.Brincar na escola